O dia em que a Blizzard achou que seria uma boa ideia convidar o Danilo Gentili para promover Overwatch

O dia em que a Blizzard achou que seria uma boa ideia convidar o Danilo Gentili para promover Overwatch

Quando você trabalha no marketing de uma empresa e precisa contratar uma figura pública para promover um novo produto, o primeiro passo nessa busca é buscar por alguém que represente as características do lançamento. Exatamente por causa disso eu não consigo entender por que raios o time da Blizzard achou que seria uma boa ideia convidar o Danilo Gentili.

Overwatch está chamando a atenção por ter um elenco eclético que trata diferentes culturas com o respeito que merecem. Já o histórico de processos do apresentador do SBT fala por si só: Senadora Regina Sousa vai processar Danilo Gentili por ofensa racista e misógina, processo moral contra doadora de leite e isso sem citar o processo da ex-namorada que se viu obrigada levar para uma instância jurídica os problemas pessoais. Fora o comportamento já conhecido de intimidação e agressão nas redes sociais.

Por esses motivos veio por meio deste post solicitar uma posição oficial da Blizzard do motivo que acharam que um cara desses seria uma boa ideia chamar para o lançamento. Aliás, nem comentar sobre o jogo conseguiu já que se quer conhece ou se importa com o universo.

Quem puder der RT nas mensagens abaixo, agradeço. Ou enviem suas próprias marcando a Blizzard. Importante fazermos um barulho e deixar claro que cansou contratarem profissionais despreparados para representar o mercado de games no Brasil.

Aliás, quem quiser ter um gostinho sobre o quão nocivo é o público que esse cara atrai, basta dar uma lida nas respostas que tenho recebido no Twitter. Mas respira fundo antes que o rolê não está tranquilo.

Comments are closed.